PESQUISA: CURTA-METRAGENS

Coloque entre aspas duplas (eg.: "Jorge Furtado")
Loading

29 de fev de 2008

Curupira

A menina Clara vive oprimida. Morando em uma fazenda do interior, sua única alegria é a companhia dos animais. O dono da casa e Senhor de Clara é o cruel Coronel Epaminondas, caçador impiedoso e patrao agressivo. O que o Coronel ainda nao sabe é que sua fúria assassina já despertou a atençao de Curupira, entidade protetora da floresta. Epaminondas ainda terá que enfrentar o Curupira para manter Clara sob seu domínio.

Gênero Ficção
Diretor Fábio Mendonça, Guilherme Ramalho
Elenco Carolina Camargo de Barros, Luiz Fernando Rezende, Vitória Camargo de Barros
Ano 2004
Duração 13 min
Cor Colorido
Bitola 16mm
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Paula Madureira, Jair Neto, Anna Angelica Olivares Fotografia Marcelo Durst Roteiro Fábio Camarneiro Direção de Arte Claudia Briza, Vanessa Utimura Animação Guilherme Alvernaz Empresa produtora Trattoria Filmes, Digital Produção Executiva Carla Schertel Montagem Guilherme Ramalho, Alex Lacerda Música Tiago Costa, Kito Siqueira Informações cedidas por Kinoforum

Prêmios

Melhor Fotografia no Festival de Atibaia Internacional do Audiovisual 2006
Melhor Curta - Jurí Oficial no Festival do Rio 2005
Melhor Direção de Arte no Mostra Londrina de Cinema 2005
Melhor Fotografia no Mostra Londrina de Cinema 2005
Melhor Curta Infantil no Vitória Cine Vídeo 2005

Festivais

Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2005
Mostra do Audiovisual Paulista 2005
Cinema Paradise Film Festival 2005

27 de fev de 2008

São Paulo nos pertence (Sao Paulo belongs to us)

São Paulo nos pertence conta a história de um sequestro relâmpago na cidade de São Paulo. Dois bandidos e a vítima são obrigados a conviver durante uma noite inteira, circulando dentro de um carro pela cidade em busca de um caixa eletrônico em funcionamento. Durante essa noite, entre situações de tensão e de inesperado humor, eles embarcam em uma viagem absurda e poética, tendo como cenário uma cidade por vezes opressiva e assustadora, mas sempre fascinante.

Gênero Ficção
Diretor Zé Roberto Pereira
Elenco Guilherme Jorge, Leonardo Cortez, Robson Nunes, Tatiane Floresti
Ano 2005
Duração 25 min
Cor Colorido
Bitola Vídeo
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Felipe Duarte Fotografia Rodolfo Figueiredo Roteiro Leonardo Cortez Som Direto Vinícius Casimiro, Tatiana Custódio Edição de som Daniel Sasso Figurino Lúcia Branco Maquiagem Rodolfo Silveira, Roger Gorziza Assistente de Direção Junae Andreazza Produção Executiva Felipe Duarte Assistente de Produção Bruno Jorge, Nayana Gouvêa, Leandro Manhães, Fernando Gerbelli Still André Bittencourt Assistente de Fotografia André Bittencourt Mixagem Sérgio Basseti Continuidade Leandro Manhães Montagem André Franciolli Música Danilo Monteiro, Cacá Saraiva Informações cedidas por Festival Internacional de Curta-Metragens do Rio de Janeiro - Curta Cinema Gravação de som Sérgio Basseti

Prêmios

Melhor Curta - Júri Popular no Mosca - Mostra audiovisual de Cambuquira 2006
Melhor Curta - Prêmio da Crítica no Festival Guaçuano de Vídeo 2006

26 de fev de 2008

Réquiem

Réquiem é a adaptação para o cinema da história autobiográfica de mesmo nome de Lourenço Mutarelli, autor de HQs . É uma outra possibilidade documental feita através dos desenhos e referências pessoais do autor.

Gênero Animação
Diretor Felipe Duque
Ano 2007
Duração 10 min
Cor Colorido
Bitola indisponível
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Mariana Abbade Fotografia Frederico Borba Roteiro Lourenço Mutarelli Animação Felipe Araújo Montagem Ivan de Angelis Música Bruno Marcus, Marcos Braz

Prêmios

Prêmio Porta Curtas Festival do Rio no Festival do Rio 2007

Festivais

Curta Cinema - Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro 2007
Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2007

25 de fev de 2008

Infernos

Obra fílmica sobre a personalidade e poesia de Nauro Machado (1935/ ) pelo qual se tem a oportunidade de se conhecer o rigor e pungência de seu texto, construído em meios às ruínas da cidade de São Luis (MA), lugar onde passa praticamente toda a sua vida e que com tal cidade estabelece uma relação de estranhamento, amor e de inevitabilidade do convívio cotidiano. Infernos construídos com a humanidade absurda do dia a dia para se dá conta de que a "Última lição do mármore (é que) não restará nem memória daquilo que o tempo grava" ou que "Depois do nada a solidão; depois da solidão, o nada". E nos incita a seguir: "Ah, fluamos nós, enquanto vivos, a solidão entre dois nadas". Duras revelações que o poeta mastiga pela palavra-consciência, obrigando-nos, como espectador, no caso, a participar desse inferno que é qualquer cidade, que é qualquer lugar. Fundamental registro artístico de uma personalidade marcante da poesia brasileira, concebido e dirigido por Frederico Machado.
Gênero Documentário
Diretor Frederico Machado
Ano 2006
Duração 13 min
Cor Colorido
Bitola 35mm
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Frederico Machado, Aarden Abreu Filho, Rafael Costa Roteiro Frederico Machado Trilha original Joaquim Santos Câmera Frederico Machado Narração Nauro Machado Assistente de Produção Daniel Marcolino, Vicente Junior Argumento Aarden Abreu Filho Montagem Raimo Benedetti

Prêmios

Melhor Filme no Festival Internacional de Cinema de Valença 2007

Festivais

Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro - Curta Cinema 2007
Goiânia Mostra Curtas 2006
Mostra Expectativa - Fundação Joaquim Nabuco - Recife 2007

24 de fev de 2008

Hotel do Coração Partido

Ronaldo era especial. Seu coração era evidentemente maior que os corações normais...

Prêmios
Melhor Animação em video no Curta-se - Festival Luso-Brasileiro de Curtas Metragens de Sergipe 2007

23 de fev de 2008

Aquarela

Com trilha homônima de Toquinho, Vinicius, Morra e Fabrizio, o filme faz uma metáfora entre a vida, do nascimento à morte, e uma pintura de aquarela que, com o tempo, descolore.

Gênero Animação
Diretor André Koogan Breitman, Andrés Lieban
Ano 2003
Duração 5 min
Cor Colorido
Bitola Vídeo
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Tony Gil Fotografia Andrés Lieban Roteiro Marilia Pirillo, André Koogan Breitman Edição Andrés Lieban Direção de Arte Andrés Lieban Animação Andrés Lieban Som Toquinho Edição de som Alberto Ranellucci Produção Executiva André Koogan Breitman Música Sincronizada Vinicius de Moraes, Toquinho, M. Fabrizio, G. Morra

Prêmios

2º Lugar Júri Popular - Melhor Animação Infantil no Anima Mundi 2003

Festivais

Carrousel International du film de Rimouski 2004
Cine PE 2003
Festival de Gramado 2003
Mostra Ano Brasil na França 2005

22 de fev de 2008

Lar Doce Lar

Num prédio de apartamentos, é possível observar a vida das pessoas. E com certeza, uma delas já foi sua vizinha!

Prêmios
Melhor Animação em video no Festival de Vídeo de Teresina 2004

21 de fev de 2008

Lady Christiny

Celso Marques era cantor, casado e pai de dois filhos. Até se apaixonar por um fã. Sua esposa, Célia, aceita e apóia o romance, desde que o rapaz morasse com eles - Célia, Celso e os filhos.

Prêmios
Prêmio Porta Curtas no Festival Mix Brasil 2006

20 de fev de 2008

Kinocopa

Copa do Mundo 2002. Brasil Penta-campeão. A trajetória da seleção brasileira através do olhar dos torcedores, com a irreverente interferência do apresentador Godot Quincas.

Gênero Documentário
Diretor Chico Serra, Igor Cabral
Elenco Godot Quincas
Ano 2003
Duração 21 min
Cor Colorido
Bitola Vídeo
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Igor Cabral, Bruno Espírito Santo, Chico Serra, Jansen Ramos, Júlia Limaverde Fotografia Igor Cabral, André Albuquerque Edição Igor Cabral Empresa produtora Cabra Bom Filmes e Laticínios Som Bruno Espírito Santo, Camila Santo Câmera Clara Linhart, Chico Serra, Éthel Ramos, Tiago Escovedo Assistente de Direção Clara Linhart, Camila Santo Assistente de Câmera Clara Linhart, Júlia Limaverde Assistente de Produção Éthel Ramos, Tiago Escovedo Argumento Igor Cabral, Godot Quincas Apresentação Godot Quincas Escola Produtora Universidade Federal Fluminense 1º Assistente de Câmera André Albuquerque Câmera 16mm Igor Cabral

Prêmios

Troféu Grito no CineEsquemaNovo - Festival de Cinema de Porto Alegre 2004
Menção Honrosa no Festival Brasileiro de Cinema Universitário 2004
Menção Honrosa ABD no Festival Brasileiro de Cinema Universitário 2004

Festivais

Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro - Curta Cinema 2003
Mostra Curto Circuito - Belo Horizonte 2004
Mostra do Filme Livre 2004
Mostra Rio das Ostras de Cinema 2004

19 de fev de 2008

Inciso XXI

Três garotos, dois policiais, um espantalho.

Gênero Ficção
Diretor Eduardo Barioni
Elenco Anderson Salgado, Diego Cristiano, Edgar Souza
Ano 2003
Duração 8 min
Cor P&B
Bitola 16mm
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Julia Nogueira, Bia Carvalho Fotografia Danilo Solferini Roteiro Eduardo Barioni Edição Eduardo Barioni Som Direto Luciano Maciel Direção de Arte Natália Solferini Empresa produtora Ludofilm Edição de som Thiago Taboada Produção Executiva Bia Carvalho, Eduardo Barioni

Prêmios

Prêmio Especial do Júri no Curta Santos 2004
Prêmio de retrato da realidade nacional no Festival Brasileiro de Cinema Universitário 2003

Festivais

CineEsquemaNovo - Festival de Cinema de Porto Alegre 2004
Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2003
Jornada Internacional de Cinema da Bahia 2004
Mostra do Audiovisual Paulista 2003
Mostra de Taquatinga 2004

18 de fev de 2008

Ímpar Par

Em meio a pés que vão e vem, cores e cordas de violino, o sapateiro de um pequeno vilarejo procura o par perfeito, em uma fábula de amor e sapatos.

Prêmios
Melhor Curta de Ficção no Festival de Huelva 2005
Melhor Filme no Festival Internacional de Cinema de Kiev 2005
Melhor Curta no Kodak Film school Competition - Etapa Brasil 2005
Melhor Curta - Júri Popular no Festival de Cinema de Campo Grande 2006

17 de fev de 2008

Hoje tem Felicidade

Um cotidiano. Uma rotina. Uma história onde uma mudança não é uma mudança. Esta é a vida de Rui, um homem que busca uma alternativa para ser feliz.

Prêmios
Melhor Ficção no Curta-se - Festival Luso-Brasileiro de Curtas Metragens de Sergipe 2005
Prêmio Revelação no Curta-se - Festival Luso-Brasileiro de Curtas Metragens de Sergipe 2005

16 de fev de 2008

Guadalajara 70

Em 1970, a Seleção Brasileira conquistou o tri-campeonato mundial e encantou o mundo. 32 anos depois, alguns dos jogadores mais importantes da história do futebol mexicano, relembram o que aconteceu.

Gênero Documentário
Diretor Felipe Nepomuceno
Ano 2002
Duração 12 min
Cor Colorido
Bitola Vídeo
País Brasil

Ficha Técnica

Roteiro Felipe Nepomuceno, Tereza Alvarez Edição Pedro Asbeg Empresa produtora Raca Filmes Som Carlos Bazua Morales Desenhos Camilo Perez

Prêmios

Melhor Filme - Júri Popular no CineSul 2002

Festivais

Sueños Cortos 2002
Mostra Curta Cinema 2002

15 de fev de 2008

Genoma 2020

Qual o futuro da raça com a banalização da manipulação genética?

Gênero Animação
Diretor Andrés Lieban
Ano 2000
Duração 1 min
Cor Colorido
Bitola Vídeo
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Andrés Lieban, Marilia Pirillo, Mateus Figueiró, Jorge Penny, Walter Junior Roteiro Andrés Lieban Animação Andrés Lieban Empresa produtora Laboratório de Desenhos Produção Executiva André Koogan Breitman Produção de Áudio Laboratório de Desenhos

Prêmios

Finalista no Anima Mundi 2001
Finalista no Brasil Digital 2000
Finalista no Festival do Minuto 2001
Finalista no Flash Award 2002
Finalista no Vídeo Brasil 2001
1ºlugar no Web Anima 2003

14 de fev de 2008

Flores pra Você

Uma vendedora de flores que divide seu tempo entre montar arranjos e o vazio de sua existência.

ênero Ficção
Diretor João Peixoto
Elenco Vanessa Medeiros
Ano 2005
Duração 16 min
Cor Colorido
Bitola Vídeo
País Brasil

Ficha Técnica

Fotografia Wagner Tavares Direção de Arte Aglair Quaresma Coelho Direção de produção Luiz Fernando Jacomelli

Prêmios

Melhor Atriz no Curta Santos 2005
Melhor Fotografia no Curta Santos 2005

Festivais

Mostra do Audiovisual Paulista 2005

13 de fev de 2008

Faça Sua Escolha

Um pequeno grupo de pessoas que se conhece por acaso, à procura de Amor e Amizade, suas escolhas e as tragicômicas conseqüências delas.

Gênero Ficção
Diretor Paulo Miranda
Elenco Élder Fraga, Joca Andreazza, Nathália Lorda, Sílvia Lourenço
Ano 2006
Duração 7 min
Cor Colorido
Bitola 35mm
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Marçal Souza, Ana Paula Guimarães Fotografia Alex Moreira Roteiro Paulo Miranda Edição Walter Tabax Direção de Arte Edson Maciel Animação Aritanã Dantas Empresa produtora SW-VG 94 Produtora Edição de som Paulo Russi Câmera Alex Moreira Figurino Fernanda Giácomo Maquiagem Cristina Silva Produção Executiva Marita Miranda Cabelo Cristina Silva Produção de Elenco Sung Sfai

Prêmios

Melhor Diretor no Curta Canoa 2006
Melhor Filme no Curta Canoa 2006
Melhor Roteiro no Curta Canoa 2006
Menção Especial do Juri no Festival Mediterrâneo de Novos Cineastas - Larissa 2007
Melhor Filme - Júri Popular no Festival de Campo grande 2007

Festivais

Curta Santos 2006
Festival de Havana 2006
Mostra do Audiovisual Paulista 2006
Palm Springs International Short Film Festival 2006
Festival Guarnicê do Maranhão 2006
International Festival of Cinema and Technology 2007

12 de fev de 2008

Engolervilha

O sórdido, o pútrido e o fétido. O bizarro, o escatológico e o grotesco. Ervilhas, urina e galináceas.

Gênero Animação
Diretor Marão
Ano 2003
Duração 8 min
Cor Colorido
Bitola 35mm
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Marão Fotografia Joaquim Eufrasino Roteiro Marão, Demian, Cláudio Roberto Edição Marão Direção de Arte Marão, Carlos D. Animação Marão, Fernando Miller, Fabio Yamaji Trilha original Evandro Jr., Daniel Marão Empresa produtora Funarte Edição de som Clementino Jr. Produção Executiva Marão

Prêmios

Melhor Filme no Anima Mundi 2003

Festivais

Mostra Curta Cinema 2003

11 de fev de 2008

EngoleDuasErvilhas

Ervilhas, símios e jantares.

Prêmios
Melhor Animação no Anima Mundi 2006
Melhor Animação no Guarnicê de Cine e Vídeo 2006
Melhor Vídeo pelo Júri Popular no Mostra de Vídeo de Santo André 2006

10 de fev de 2008

E fez-se a luz

Uma paródia da criação e do pecado original.

Gênero Animação
Diretor Clécius Rodrigues
Ano 2004
Duração 5 min
Cor Colorido
Bitola Vídeo
País Brasil

Ficha Técnica

Fotografia Clécius Rodrigues Roteiro Clécius Rodrigues, Letícia Godinho Edição Letícia Godinho Som Direto Letícia Godinho Direção de Arte Clécius Rodrigues Empresa produtora Caspa Vídeos

Prêmios

Prêmio Porta Curtas no Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro - Curta Cinema 2004

Festivais

Festival de Tiradentes 2005
Festival Mix Brasil 2004
Vitória Cine Vídeo 2004
Mostra do Filme Livre 2005

9 de fev de 2008

Duralex Sedlex

Documentário de um homem simples que reúne em si tradição e modernidade, arte e técnica, autodeterminação e destino. Duralex Sedlex nos projeta José Japonês, um homem que viveu toda a sua vida dedicado a um só ofício.



Prêmios
1º Prêmio Estímulo ao Curta Metragem no Curta Minas 2000
melhor filme - Contribuição Artística no Festival Brasileiro de Cinema Universitário 2002
Prêmio da ABDeC no Festival Brasileiro de Cinema Universitário 2002
Melhor Som Direto no Catarina Festival de Documentário 2002
Melhor Filme DCine no Festival Cinema Vídeo e Dcine de Curitiba 2002
Melhor Montagem no Festival de Cinema de juiz de Fora 2002
TVF 2003 Award no JVC Tokyo Video Festival 2003

8 de fev de 2008

Dov'e Meneghetti?

O mais famoso personagem da crônica policial paulistana na década de 1920, Gino Amleto Meneghetti, se notabilizou pela agilidade com que saltava os telhados durante as fugas, pelo conhecimento de joalheria e principalmente, pela irreverência com que tratava a polícia paulistana.

Gênero Ficção
Diretor Beto Brant
Elenco Eliana Fonseca, Ligia Cortez, Luiz Ramalho, Mário César Ribeiro, Rosi Campos, Toni Lopes
Ano 1989
Duração 12 min
Cor Colorido
Bitola 35mm
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Boby Costa Fotografia Marcelo Durst Roteiro Beto Brant Edição Galileu Garcia Jr. Trilha original Sérvulo Augusto Som Roberto Ferraz Cenografia Clíssia de Moraes Figurino Diana Barradas

Prêmios

Melhor Ator no Festival de Gramado 1989
Melhor Diretor no Festival do Rio BR 1989
Melhor Filme - Crítica no Festival do Rio BR 1989
Melhor Filme - Júri Popular no Festival do Rio BR 1989
Melhor Fotografia no Festival do Rio BR 1989
Melhor Trilha Sonora no Festival do Rio BR 1989
Melhor Filme no Festival de Curitiba 1990

7 de fev de 2008

Descobrindo Waltel

Documentário sobre a incrível e desconhecida trajetória do maestro Waltel Branco.

Prêmios
Os 10 Mais - Escolha do Público no Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2005
Prêmio Unibanco de Cinema no Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2005

6 de fev de 2008

Dalmar e Rosália

Dalmar acorda cedo e dorme, como a maioria, à noite. Rosália dorme o dia inteiro e sai para trabalhar quando a luz do sol já se foi. O destino se encarrega de realizar um encontro que parecia impossível entre os dois personagens.

Prêmios
Melhor Atriz no Festival de Cinema de Varginha 2002
Melhor Diretor no Festival de Cinema de Varginha 2002
Melhor Edição no Festival de Cinema de Varginha 2002
Melhor Curta de Ficção no Festival de Inverno de Ouro Preto 2002
Melhor Argumento no Guarnicê de Cine e Vídeo 2002

5 de fev de 2008

Dadá

Dilson, Dadá e Denis são três personagens fictícios e amigos inseparáveis. Jonathan, Thaísa e Jésus são três atores que participam de um curta-metragem. Como pano de fundo para ficção e realidade, o morro do Vidigal.
Diretor: Eduardo Vaisman
O grupo “Nós do Morro” existe desde 1986 na favela do Vidigal no Rio de Janeiro. Três jovens atores do grupo, Thaísa Medina, Jonathan Haagesen e Jésus Lino, contam seus sonhos e dificuldades ao longo das filmagens do curta "Dadá".

Prêmios
Melhor Curta no FAM - Florianópolis Audiovisual Mercosul 2003
Melhor Curta - Júri Popular no Festival do Rio BR 2002
Prêmio da ABD&C no Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro - Curta Cinema 2002
Melhor Curta no Festival Internacional de Havana 2002
Melhor Documentário no Toronto Worlwilde Short Film Festival 2002
Prêmio do Ministério da Cultura no É Tudo Verdade - Festival Internacional de Documentários 2002
Melhor Documentário em Curta-metragem no Festival de Cinema e Vídeo de Curitiba 2002
Melhor Curta no Festival de Cinema Luso-brasileiro de Santa Maria da Feira 2002

4 de fev de 2008

Maré Capoeira

Maré é o apelido de João, um menino de dez anos que sonha ser mestre de capoeira como seu pai, dando continuidade a uma tradição familiar que atravessa várias gerações. Um filme de amor e guerra.

Gênero Ficção
Diretor Paola Barreto
Elenco Felipe Satos, Isabela Faberezza, Mestre Chamine
Ano 2005
Duração 14 min
Cor Colorido
Bitola Vídeo
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Patrícia Bárbara Fotografia Mauro Pinheiro Jr. Roteiro Paola Barreto, Rosane Svartman, Fabiana Igrejas Som Direto Vampiro Direção de Arte Fernanda Fabrizzi Empresa produtora PB FILMES / AR PRODUCOES Edição de som Aurélio Dias Produção Executiva Ailton Franco Jr Montagem Daniel Garcia Informações cedidas por Festival Internacional de Curta-Metragens do Rio de Janeiro - Curta Cinema

Prêmios

Prêmio do Júri Infantil no Festival de Hamburgo 2006
Melhor Curta Infantil no Festival Internacional de Curtas-Metragens de Oberhausen 2006

3 de fev de 2008

Curta-metragem Metalingüístico de Baixo Orçamento

Paciente acorda dentro de um curta-metragem e sua enfermeira insiste para que ela aceite mais café. Curta-metragem Metalingüístico de Baixo Orçamento ou aceita mais Café? (título original do curta)

Prêmios
Troféu Revelação no Curta Minas 2004
Prêmio BNB - Filme 16mm no Curta-se - Festival Luso-Brasileiro de Curtas Metragens de Sergipe 2004
Melhor Roteiro no FAM - Florianópolis Audiovisual Mercosul 2004
Melhor Direção - ficção no Festcine - Festival Nacional de Cinema Universitário de Belo Horizonte 2004
Melhor Filme de Ficção no Festcine - Festival Nacional de Cinema Universitário de Belo Horizonte 2004
Menção Honrosa no Festcine - Festival Nacional de Cinema Universitário de Belo Horizonte 2004
Melhor Filme - Júri Oficial no Festival de Guarnicê 2004
Melhor Trilha Sonora Original no Festival de Guarnicê 2004
Destaque do Júri Popular no Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2004
Finalista no Grande Prêmio TAM do Cinema Brasileiro 2005
Melhor Roteiro no Jornada Internacional de Cinema da Bahia 2004
Menção Honrosa no Cine Amazônia 2004
Melhor Vídeo Ficção no Festival de São Carlos 2004
Melhor Atriz no NÓIA - Festival Sul-Americano de Cinema e Vídeo Universitários 2004
Melhor Filme - Júri Popular no Primeiro Plano - Festival de Cinema de Juiz de Fora 2004
Prêmio Especial do Júri no Primeiro Plano - Festival de Cinema de Juiz de Fora 2004
Melhor Filme - Júri Popular no Festival de Cinema Universitário da UFRJ 2004

2 de fev de 2008

Castanho

Um musical sobre o amor e tudo aquilo que fazemos por ele.

Gênero Ficção
Diretor Eduardo Valente
Elenco Ana Paula Pedro, Isabel Pacheco
Ano 2002
Duração 12 min
Cor Colorido
Bitola 35mm
País Brasil

Ficha Técnica

Fotografia Fernando Miceli Roteiro Eduardo Valente Edição André Luiz Sampaio Direção de Arte Tainá Xavier Trilha original Los Hermanos Empresa produtora Wset Filmes Som Eduardo Santos Mendes

Prêmios

Melhor Fotografia no Curta Santos 2003

Festivais

FAM - Florianópolis 2003
Festival de Cinema de Belém 2003
Festival de Gramado 2003
Festival do Rio BR 2003
Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2003
Quinzena dos Realizadores - Festival de Cannes 2004
Vitória Cine Vídeo 2003
Festival de Curtas de Belo Horizonte 2003
Guarnicê de Cine e Vídeo 2003
Mostra Curta Cinema 2002
Panorama Brasil Coisa de Cinema 2003
Festival de Varginha 2003

1 de fev de 2008

Carro-Forte

Quatro homens em conflito. Quatro vidas resumidas a quatro metros quadrados. Quatro pessoas carregando uma quantidade de dinheiro que jamais conseguiriam obter... O curta conta a estória de um assalto, narrado pelo ponto de vista dos vigilantes de dentro do carro-forte.

Gênero Ficção
Diretor Mário Diamante
Elenco Camilo Bevilacqua, Erlon Cherque, Gracindo Junior, Sheila Matos, Thelmo Fernandes
Ano 2002
Duração 12 min
Cor Colorido
Bitola 35mm
País Brasil

Ficha Técnica

Co-produção FUNARTE - DECINE CTAv Roteiro Mário Diamante Edição Flávio Zettel Som Direto Nonô Alaerson Correia Direção de Arte Hélio Levcovitz Trilha original Fernando Moura Empresa produtora Plural Filmes Edição de som Triálogo Câmera Fabrício Tadeu Figurino Cláudia Picanço Direção de produção Carlos Chueke Efeitos Especiais M.M. Arte Técnica Apoio INMETRO, CARA DE CÃO, Link Digital, LABO CINE, FUJI, VIDEOSHACK LABORATÓRIO, NAYMAR, ABD Nacional, ABD&C Direção de Fotografia Ralf Tambke Participação especial Othon Bastos Produção de Arte Daniela Vitorino

Prêmios

Melhor Ator no Florianópolis Audiovisual Mercosul 2003

Festivais

Cine PE 2003
Festival Cinematográfico Int. del Uruguay 2003
FIKE 2003 - Évora International Short Film Festival 2003
Los Angeles Intl Short Film Festival 2003
Mostra de Cinema de Tiradentes 2003
Worldwide Short Film Festival 2003
Festival Cinema Vídeo e Dcine de Curitiba 2003
Mostra Curta Cinema 2002