PESQUISA: CURTA-METRAGENS

Coloque entre aspas duplas (eg.: "Jorge Furtado")
Loading

2 de mai de 2009

Maranhão 66

O filme é uma encomenda de José Sarney, ex-presidente da República, que acabava de ser eleito governador do Estado do Maranhão, e desejava que seu amigo Glauber Rocha produzisse um documentário sobre a cerimônia de sua posse. Isso se dá dois anos depois da tomada de poder dos militares, a franqueza do filme é total e anuncia o tom de “Terra em Transe”. Não se encontra no curta-metragem o mínimo de complacência para com o político que encomendou a obra. Ao contrário, o filme é construído como um verdadeiro desafio às promessas eleitorais demagógicas: enquanto o político se compromete solenemente a acabar com as misérias da região, elas são simplesmente mostradas, com uma terrível crueza, em imagens documentais (casas miseráveis, hospitais infectos, vítimas da fome, tuberculose...).
Alternando-se com as imagens do discurso em terrível oposição entre a retórica e a realidade, mas igualmente apontando a necessidade urgente de transformar as palavras em ações para promover o progresso social.

FICHA TÉCNICA

Curta-metragem, 35 mm, preto-e-branco, 11 minutos. Produção:Luiz Carlos Barreto e Zelito Viana, para Mapa Filmes. Diretor de Produção: Zelito Viana. Fotografia: Fernando Duarte. Som Direto: Eduardo Escorel. Montagem: João Ramiro Melo.

Nenhum comentário: