PESQUISA: CURTA-METRAGENS

Coloque entre aspas duplas (eg.: "Jorge Furtado")
Loading

31 de mai de 2008

Balada do Vampiro

História de Nelsinho, famoso personagem dos contos do escritor curitibano Dalton Trevisan. O filme narra as fantasias e os sonhos de um vampiro (Nelsinho).

Gênero Ficção
Diretor Beto Carminatti, Estevan Silveira
Elenco João Luiz Fiani
Ano 2007
Duração 13 min
Cor Colorido
Bitola 35mm
País Brasil

Ficha Técnica

Produção MAKING & OF-F produções LTDA

Prêmios

Melhor Direção de Arte no Festival de Gramado 2007
Melhor Música no Festival de Gramado 2007

Festivais

Festival de Cinema de Maringá 2007

30 de mai de 2008

Vrruummm!!!

Impressão visual do cotidiano caótico de uma grande cidade, em animação feita com a técnica de pintura sobre vidro. Uma fantasia em torno do nosso caos cotidiano.

Prêmios

Melhor Som no Primeiro Plano - Festival de Cinema de Juiz de Fora 2003

29 de mai de 2008

Ventilador

Decepção e dor através de um olhar oscilante e surreal.

Gênero Ficção
Diretor Leonardo Lacca
Elenco Luciana Freire
Ano 2004
Duração 8 min
Cor Colorido
Bitola 35mm
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Leonardo Lacca, Tião, Roberto Santos Fotografia Roberto Lobão Roteiro Leonardo Lacca Som Roberto Lobão Edição de som Daniel Bandeira Câmera Roberto Lobão Produção de Arte Tião, Anna Paegle Montagem Daniel Bandeira

Prêmios

Prêmio da ABD&C no Cine PE 2004
Menção Honrosa do Prêmio Revelação no Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2004

Festivais

Festival Brasileiro de Cinema Universitário 2004

28 de mai de 2008

Veludo & Cacos-de-Vidro

A ascensão e queda de uma história de amor.

Prêmios

Prêmio Quanta - Mellhor Vídeo no FAM - Florianópolis Audiovisual Mercosul 2004
Contribuição Técnica e Estética no Festival Brasileiro de Cinema Universitário 2004
Melhor Vídeo pelo Júri Popular no Festival Brasileiro de Cinema Universitário 2004

27 de mai de 2008

Velha História

Um dia ao pescar na beira de um rio um homem pega um peixe. A partir de um gesto de afeto do pescador, os dois desenvolvem uma linda amizade que é admirada por todos na cidade. Do poema de Mário Quintana.

Prêmios

Melhor Fotografia de Filme Estudantil no ABC - Academia Brasileira de Cinematografia 2004
2º Lugar - Júri Popular no Anima Mundi 2003
Prêmio Porta Curtas no Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2004
Melhor Animação no Festival Primeiro Plano 2003
Melhor Animação no Festival Amazonas Filmes 2003
Menção Honrosa no Festival de Curtas de Belo Horizonte 2004

26 de mai de 2008

Unido Vencerás

O que há de mais valioso para um clube de futebol? Seus títulos, sua tradição, seus craques? 90 minutos são suficientes para percebermos que para a tocida do América Futebol Clube sua maior riqueza são os seus torcedores, apaixonados e fiéis!

Gênero Documentário
Diretor Pedro Asbeg
Ano 2003
Duração 12 min
Cor Colorido
Bitola 35mm
País Brasil

Ficha Técnica

Fotografia Pedro Asbeg Edição Pedro Asbeg Empresa produtora Raca Filmes

Prêmios

Primeiro Lugar no Curta a Sessão 2003
Melhor vídeo no Mostra Curta a Sessão 2003
Prêmio Riofilme Livre no Mostra do Filme Livre 2003

Festivais

Mostra Curta Cinema 2003

25 de mai de 2008

Um Branco Súbito

Escritor se perde entre sua própria realidade e ficção.

Prêmios

Melhor Montagem no FAM - Florianópolis Audiovisual Mercosul 2002
Favoritos do Público no Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2001
Melhor Curta no Festival de Cinema Brasileiro de Miami 2002

24 de mai de 2008

Uma Estrela pra Ioiô

O curta-metragem gira em torno do desejo do personagem Antônio Cleide, interpretado por Gustavo Falcão, de compensar a frustração de não poder oferecer uma vida melhor à sua namorada, a prostituta Ioiô, vivida por Mariana Ximenez. Uma chance imperdível surge quando um vendedor (o diretor Ivan Cardoso em sua estréia como ator de curtas metragens) aparece no Rio de Janeiro oferecendo as estrelas do céu com certificado e tudo.

Gênero Ficção
Diretor Bruno Safadi
Elenco Gustavo Falcão, Ivan Cardoso, Mariana Ximenes
Ano 2003
Duração 15 min
Cor P&B
Bitola 35mm
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Gabriela Carvalho Fotografia Lula Carvalho Roteiro Bruno Safadi Edição Karen Black Direção de Arte Moa Batsow Trilha original Alexandre Pereira Empresa produtora TB Produções Assistente de Direção Pedro Peregrino, Lis Kogan Produção Executiva João Cateano

Prêmios

Melhor Filme - Júri Popular no CineEsquemaNovo - Festival de Cinema de Porto Alegre 2004
"Destaque em Contribuição Técnica" no Festival Brasileiro de Cinema Universitário 2004
Melhor Filme no Festival de Cinema Luso-brasileiro de Santa Maria da Feira 2004

Festivais

Festival de Biarritz 2004
Festival de Brasília 2003
Festival de Cinema Brasileiro de Paris 2004
Festival de Rotterdam 2004
Festival do Rio 2004
Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2003
Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro - Curta Cinema 2003
Mostra de Cinema de Tiradentes 2004
New York Short Short Cuts Film Festival 2004
Brasil no Ar - Festival Internacional da Nova Arte Brasileira 2005
Mostra Curta Belém 2004
Mostra Curta Cinema 2003
Panorama Brasil Coisa de Cinema 2004

23 de mai de 2008

Tyger

Um enorme tigre aparece misteriosamente numa grande cidade. Ele vai revelar a realidade escondida numa noite que poderia ter sido como qualquer outra.

Prêmios

Melhor Animação no 37th Tampere International Short Film Festival 2007
Melhor Curta no Anima 2007 2007
Melhor Filme no Anima Mundi 2006
Melhor Animação no Ann Arbor Film Festival 2006
Melhor Animação no CineSul 2007
Melhor Animação - Júri Popular no CineSul 2007
Melhor Filme no Clerrmont-Ferrand Film Festival 2007
Menção Honrosa no Clerrmont-Ferrand Film Festival 2007
Melhor Animação no Curta Cinema 2006
Melhor Animação no Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2006
Prêmio Porta Curtas no Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro - Curta Cinema 2006
Melhor Animação no Odense Film Festival 2007

22 de mai de 2008

Transferência

Bailado ou anti-reportagem sob o discurso do 11/9, ecos dos atentados. Recorte, transferência y otras cositas más.

Gênero Experimental
Diretor Terêncio Porto
Ano 2003
Duração 5 min
Cor Cor e P&B
Bitola Vídeo
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Terêncio Porto, André Dahmer Roteiro Terêncio Porto Edição Caito Mainier, Felipe Abrahão, Lúcia Moraes Câmera Terêncio Porto, André Dahmer Argumento Terêncio Porto, André Dahmer Pesquisa Terêncio Porto

Prêmios

Contribuição à Linguagem Cinematográfica no ReCine - Mostra de Cinema de Arquivo 2004

Festivais

Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro - Curta Cinema 2003
Imagem em 5 minutos 2003

21 de mai de 2008

TheLastNote.com

Um homem encomenda serviços de um misterioso site. Sua indecisão quanto ao uso destes serviços torna necessário um atendimento personalizado.

Gênero Ficção
Diretor Leo Falcão
Elenco Gustavo Falcão, Lázaro Ramos
Ano 2004
Duração 14 min
Cor Colorido
Bitola 35mm
País Brasil

Ficha Técnica

Fotografia Roberto Santos Filho Roteiro Leo Falcão Som Direto Márco Câmara Direção de Arte Bárbara Cunha, Dani Vilela Empresa produtora Ruptura Cinematográfica Direção de produção Brenda da Mata Produção Executiva Roberto Santos Filho, Leo Falcão, Lua Silveira Montagem João Maria

Prêmios

Melhor Filme - Júri Oficial no Cine PE 2004
Melhor Trilha Sonora no Cine PE 2004
Troféu ABD no Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2004

Festivais

Festival do Rio 2004
Festival Internacional de Curtas-Metragens de Belo Horizonte 2004
Vitória Cine Vídeo 2004

20 de mai de 2008

The MASP Movie - O Filme do MASP

O dia em que o MASP, enfurecido com um grupo de turistas, cria vida e sai para um catastrófico passeio pela cidade.

Prêmios

Melhor Curta de Animação no Jornada da Bahia 1986
Melhor Curta no Rio Cine 1986
Melhor Curta - Júri Popular no Rio Cine 1986
Prêmio Especial do Júri no Rio Cine 1986
Troféu Macunaíma no Rio Cine 1986

19 de mai de 2008

The Big Boy Show

Gravações antigas, fotografias, videografismo e depoimentos de profissionais de rádio contam a trajetória profissional do radialista Big Boy. A revolução da linguagem radiofônica, a criação do Baile da Pesada e o garimpo musical de Big Boy pelo mundo afora são exemplos do dinamismo desse personagem que, nos anos 60 e 70, viveu à frente de seu tempo.

Gênero Documentário
Diretor Claudio Dager, Leandro Petersen
Elenco Carlos Townsend, Dr. Silvana, João Pecegueiro Do Amaral, Newton Duarte
Ano 2004
Duração 20 min
Cor Colorido
Bitola Vídeo
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Claudio Dager, Leandro Petersen Fotografia Tito Nogueira, Rudy Huhold Roteiro Claudio Dager, Leandro Petersen Edição Pablo Fagundes Computação grafica Rico Vilarouca, Renato Vilarouca Seleção Musical Leandro Petersen Supervisão de Pesquisa Lúcia Duarte

Prêmios

"Destaque em Expressão Cultural" no Festival Brasileiro de Cinema Universitário 2004
Melhor Vídeo Não-Universitário no NÓIA - Mostra Cearense de Vídeos Universitários 2004

Festivais

Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro - Curta Cinema 2004
Mostra do Filme Livre 2005

18 de mai de 2008

Tempo de Ira

Após vinte anos da tragédia da outrora grande família Candóia, resta à única filha mulher, Cícera, cuidar de sua mãe enferma, num ambiente de estio na seca do sertão.

Gênero Ficção
Diretor Gisella de Mello, Marcélia Cartaxo
Elenco Cícera Candóia, Marcélia Cartaxo
Ano 2003
Duração 16 min
Cor Colorido
Bitola 35mm
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Heleno Bernardo Fotografia Paulo Jacinto dos Reis Roteiro Marcelo Gomes Edição Gisella de Mello Som Direto Pedro Moreira Direção de Arte Beto Norml Empresa produtora Fita Gomada Edição de som Virginia Flores Produção Executiva Gisella de Mello, Heleno Bernardo

Prêmios

Melhor Filme no Festival Cinema Vídeo e Dcine de Curitiba 2003
Melhor Roteiro no Festival Cinema Vídeo e Dcine de Curitiba 2003

17 de mai de 2008

Dois meninos de vinte e poucos anos exploram sua sexualidade em um banheiro público.

Gênero Ficção
Diretor Felipe Sholl
Elenco Fernando São Thiago, João Ferreira
Ano 2007
Duração 5 min
Cor Colorido
Bitola indisponível
País Brasil

16 de mai de 2008

Suspiros Republicanos

O filme conta um pouco da história do Brasil imersa na caricatura das condições de se fazer cinema neste país. Flora e Carlos Manoel se apaixonam. Ela, de família ligada à Monarquia, e ele, um ativista republicano, vivem seu amor nos últimos dias da monarquia, sem saber que o fim do império significaria também o fim de seu romance. Suspiros Republicanos ao Crepúsculo de um Império Tropical (título original do curta)
Gênero Ficção
Diretor José Lavigne, Rosane Svartman
Elenco Amir Haddad, Caio Junqueira, Débora Lamm, Domingos Oliveira, Gutti Fraga, Luiz Carlos Barreto, Mary Sheila, Pedro Kosovski, Perfeito Fortuna, Rodolfo Bello, Samir Abujamra
Ano 2002
Duração 13 min
Cor Colorido
Bitola 35mm
País Brasil

Ficha Técnica


Roteiro Rosane Svartman, José Lavigne Edição Tuco Som Direto Paulo Costa Direção de Arte Flávia Amaral Trilha original Banda Tal Empresa produtora Raccord Produções Som Paulo Costa Edição de som Edwaldo Mayrink Narração José Wilker Figurino Fernanda Fabrizzi, Márcia Tacsir Maquiagem Louiggi Barbosa Direção de produção Martha Ferraris Assistente de Direção Carlos Manuel Diegues, Isabella Secchin Assistente de Câmera David Pacheco, Joaquim Torres Produção Executiva Célia Bessa Assistente de Produção Leonardo Hallal, Priscila Pitta, Claudia Jouvin, Ana Paula Schmidt Assistente de edição Leo Hallal Still Andrea Cals Direção de Fotografia Paulo Violeta Continuidade Ana Paula Schmidt, Lulu Silva Telles Pré-Produção Pricila Pitta Microfonista Carlos Seixas

Prêmios

Prêmio Roteiro no Petrobras 2002
Troféu Cara de Prata no Festival Internacional de Comédias Engraçadas 2003

Festivais

Curta Santos 2003
Festival de Recife 2003
Festival de Tiradentes 2003
Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2003
Goiânia Mostra Curtas 2003
Mostra Curta Cinema do Rio de Janeiro 2002
Vitória Cine Vídeo 2003
Jornada de Cinema da Bahia 2003
Mostra o seu que eu mostro o meu 2003

15 de mai de 2008

Som da Rua - Zezinho do Pandeiro

José Campelo da Silva nasceu em 1958. Começou sua carreira de pandeirista tocando forró, xote e brega, aos 24 anos de idade, acompanhando uma banda que se apresentava nas ruas, nas paradas de ônibus e no interior dos coletivos. Já se apresentou em várias cidades do Nordeste e também na Europa (Suíça, Bélgica e Alemanha).


Gênero Documentário
Diretor Roberto Berliner
Ano 1997
Duração 3 min
Cor Colorido
Bitola 16mm
País Brasil

Ficha Técnica

Co-produção TvZero, TVE Brasil Edição Piu Gomes Direção de Arte Raul Mourão Som Paulo Ricardo Nunes Direção de produção Rodrigo Lamounier Assistente de Direção Andrea Roscoe Produção Executiva Renato Pereira Direção de Fotografia Jacques Cheuiche Colaborador Especial Paola Vieira, Danielle Hoover, Noaldo Ney, Lula Queiroga

Prêmios

Menção Especial do Juri no Mostra Internacional do Filme Etnográfico/RJ 1998
Sol de Prata no Rio Cine 1997

14 de mai de 2008

Som da Rua - Zé Oliveira

José de Oliveira nasceu cego e aprendeu a tocar rabeca com o pai. Durante muito tempo atuaram em dupla, cantando e tocando rabeca, até a morte do pai, aos 86 anos, em 1997. Chegaram a gravar um disco juntos. Hoje em dia, eventualmente, faz dupla com um primo, também cego. Costuma apresentar-se em feiras do Nordeste, principalmente em Juazeiro do Norte (Ceará), onde vive, mas já tocou no Largo da Carioca, no Rio de Janeiro, na Praça da Sé, em São Paulo, na Praça Nosso Senhor do Bonfim, em Teresina, no Parque do Bombeiro, em Belém, na Praça José de Alencar, em Fortaleza, e em vários pontos de Salvador (Baixa do Fiscal, Baixa do Sapateiro, Praça Sete de Setembro, Terreiro de Jesus e São Joaquim).

Prêmios

Menção Especial do Juri no Mostra Internacional do Filme Etnográfico/RJ 1998
Sol de Prata no Rio Cine 1997

13 de mai de 2008

Som da Rua - Vodu

Miriam Laveau é uma sacerdotisa vodu de Nova Orleans, herdeira creole das mais antigas tradições africanas. Aqui ela apresenta os cânticos vodu que falam da liberdade, mas para Miriam a liberdade, como ela aconteceu, só tornou as pessoas escravizadas.
Prêmios

Menção Especial do Juri no Mostra Internacional do Filme Etnográfico/RJ 1998
Sol de Prata no Rio Cine 1997

12 de mai de 2008

Som da Rua - Selma do Coco

D. Selma Ferreira da Silva vive em Olinda e aprendeu a arte da umbigada com seus pais e avós. Tornou-se uma das maiores expoentes pernambucanas no ritmo, também conhecido por coco de roda. Viaja muito por diferentes estados do Nordeste e costuma apresentar-se em eventos e festas populares.
Prêmios

Menção Especial do Juri no Mostra Internacional do Filme Etnográfico/RJ 1998
Sol de Prata no Rio Cine 1997

11 de mai de 2008

Som da Rua - Irmãos Aniceto

A origem da banda remonta ao patriarca José Lourenço da Silva, já falecido, cujo apelido era Aniceto. Os três filhos herdaram o apelido. João José da Silva é o Maestro do grupo e toca zabumba; Raimundo toca pífano, e é quem constrói os instrumentos da banda; e Antônio José Lourenço da Silva toca pífano. Integram ainda os Irmãos Aniceto: Benedito Gomes de Souza que toca caixa de guerra e Cícero que toca prato. Hoje em dia a banda apresenta-se apenas quando é convidada. Isso acontece com freqüência em sua própria cidade, Crato (CE). Já tocaram em Roraima, no Rio de Janeiro, em São Paulo e no Recife.

Prêmios

Menção Especial do Juri no Mostra Internacional do Filme Etnográfico/RJ 1998
Sol de Prata no Rio Cine 1997

10 de mai de 2008

Som da Rua - Índios

Em 1991, um grupo de índios caiapós da grande aldeia Gorotire formou uma dissidência e partiu para fundar uma nova aldeia, a Juarí, nos limites da reserva. Acreditavam que os hábitos de consumo dos brancos haviam tomado conta da tribo e deviam retirar-se para mais longe, com suas famílias, e então retomar seus costumes ancestrais. Este programa registra os cantos e danças com que celebraram a fundação da nova aldeia. Um ano depois, esta experiência de volta às origens fracassou, a aldeia foi abandonada e os índios de Juarí retornaram para Gorotire.

Prêmios

Menção Especial do Juri no Mostra Internacional do Filme Etnográfico/RJ 1998
Sol de Prata no Rio Cine 1997

9 de mai de 2008

Som da Rua - Erasto

Erasto Vasconcelos vive exclusivamente de música em Olinda e Recife. Filho de pai músico (maestro, arranjador e instrumentista - tocava guitarra, cavaquinho e bandolim). Com 17 anos veio para o Rio de Janeiro e atuou como percussionista junto a grandes estrelas da MPB (Milton Nascimento, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Alceu Valença, Zé Ramalho e Geraldinho Azevedo). Depois voltou para Recife em busca de sua identidade própria como percussionista.

Prêmios

Menção Especial do Juri no Mostra Internacional do Filme Etnográfico/RJ 1998
Sol de Prata no Rio Cine 1997

8 de mai de 2008

Som da Rua - Crianças da Casa Grande

A Casa Grande é um centro cultural que estuda a arqueologia e a mitologia do Vale do Cariri, criado por Alembergue Quindins e Roseane em Nova Olinda, no Ceará, divisa com Pernambuco. Surgiu como um projeto de pesquisa dos sons e das lendas da Chapada do Araripe. Uma antiga casa foi restaurada e tornou-se o "Memorial do Homem Cariri". As crianças foram chegando, aprendendo as músicas e as histórias e hoje elas são responsáveis pela manutenção da casa e a direção das suas atividades.

Prêmios

Menção Especial do Juri no Mostra Internacional do Filme Etnográfico/RJ 1998
Sol de Prata no Rio Cine 1997

7 de mai de 2008

Som da Rua - Coral de Congo

O coral de Congo, de Luanda, Angola, leva para dentro da Igreja as melodias e os ritmos tradicionais africanos. Postados diante da Igreja, suas músicas de animação visam preencher de vida espiritual a alma de quem chega.

Prêmios

Menção Especial do Juri no Mostra Internacional do Filme Etnográfico/RJ 1998
Sol de Prata no Rio Cine 1997

6 de mai de 2008

Sebastião, o homem que bebia querosene

Filme sobre vida e morte, justaposição de textos miilistas e imagens iconoclásticas.
Gênero Experimental
Diretor Carlosmagno Rodrigues
Elenco Bruno Ivas, Carlos Magno Rodrigues, Isabela Santos
Ano 2007
Duração 12 min
Cor Colorido
Bitola Vídeo
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Arquipélago Audiovisual Roteiro Carlos Magno Rodrigues

Prêmios

Melhor Curta no Festival Internacional de Curtas-Metragens de Belo Horizonte 2007

5 de mai de 2008

Som da Rua - Carnaval em Angola

Antônio acaba de chegar de trem em sua região natal, Benguela (Angola) junto com vários outros soldados de folga. Ele está contente e manda um vizinho buscar o violão. Voltar para casa, tendo sobrevivido à guerra, já é quase carnaval.

Prêmios

Menção Especial do Juri no Mostra Internacional do Filme Etnográfico/RJ 1998
Sol de Prata no Rio Cine 1997

4 de mai de 2008

Ratos de Rua

Uma crítica social ao descaso em que são tratadas as nossas crianças, o futuro do nosso país. Para ver e refletir.

Prêmios

Prêmio Animamundi Itinerânte no Anima Mundi 2003
Melhor Animação em Vídeo no FAM - Florianópolis 2004
Melhor Animação no Festival imagem em 5 minutos 2003
1ºlugar no Animarte (PUC-RJ) 2003

3 de mai de 2008

Praxedes, um Espermatozóide

Praxedes é um espermatozóide humanizado exercendo seu papel de cidadão comum. Ele acorda e tenta fazer o que todos os outros espermatozóides tentam: fecundar o óvulo. Ele acorda todo os dias com esse objetivo e sabe que não é nada fácil...

Prêmios

Prêmio Porta Curtas no FIAE - Festival de Animação Erótica 2007

2 de mai de 2008

Picolé, Pintinho e Pipa

O carro do troca-troca está passando na sua rua: garrafa velha, bacia velha, garrafão de vinho vazio, motor de geladeira; o moço troca por picolé, pintinho e pipa.

Gênero Ficção
Diretor Gustavo Melo
Elenco Ana Miranda, Arthur Bispo, Chico Santana, Diego Francisco, Henrique César, Newton magalhaes, Wallace Coutinho, Xande Alves
Ano 2006
Duração 15 min
Cor Colorido
Bitola 35mm
País Brasil

Ficha Técnica

Produção Luciana Bezerra Fotografia Fabrício Tadeu Roteiro André Santinho e Gustavo Melo Som Direto Evandro Lima e Adriano Guerra Montagem Alessio Slossel

Prêmios

Prêmio Porta Curtas no Iguacine - Festival de Cinema de Nova Iguaçu 2008

Festivais

Curta Cinema - Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro 2007
Festival Biarritz 2007
Festival de Huesca 2007
Festival de LagoFest 2007
Festival do Rio 2007
Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte 2007
Festival Internacional de Curtas de São Paulo 2007
Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro - Curta Cinema 2006
Festival, Movies and cultures of Latin America 2007
Mostra Prêmio ABC 2007
Prêmio ABD&C - Festival Visões Periféricas 2007
Festival Audiovisual Visões Periféricas 2007

1 de mai de 2008

Passo

Um pássaro e sua gaiola.

Prêmios

Menção Honrosa no Animacór- Festival Internacional de animação de Córdoba 2007
Melhor Curta no Festival de Cinema de Ribeirão Preto 2007
Melhor Curta - Júri Popular no Festival de Cinema de Ribeirão Preto 2007
Menção Especial do Juri no Imagem em 5 minutos 2007
Menção Honrosa no Imagem em 5 minutos 2007
Prêmio do Público no Imagem em 5 minutos 2007